O Lúpulo

A Hunulus lupulus, ou Sr. Lúpulo para os íntimos, é uma planta da família das trepadeiras, também da família Canabaceae (é, é exatamente isso que você está pensando). É o ingrediente da cerveja principalmente responsável pelo amargor típico e também muitas vezes pelos aromas mais florais, hervais e cítricos que algumas loiras podem ter.

Poucos sabem mas o Lúpulo é um conservante natural. Desde os primórdios foram experimentados vários componentes, desde pimentas à temperos como coentro, afim de aumentar a vida útil da cerveja, mesmo tendo registros do uso do lúpulo na cerveja datando de 1067, seu uso foi popularizado no séc XVI, quando os navegadores ingleses faziam a volta na África para chegar as Índias orientais sentiu-se mais do que nunca a necessidade de se preservar a cerveja, uma vez que ela não era apenas uma bebida de carater lúdico e social, mas servia de alimento á tripulação nos longos períodos no mar. Surgiam então as Imperial Pale Ale, uma variação da tradicional Ale clara com uma quantidade generosa de Lúpulo para aguentar toda viagem. Via de regra se você ver algum rótulo que tenha a palavra Imperial, esta cerveja vai ser conter mais aroma e amargor que sua versão tradicional.

O Lúpulo é rico em anti-oxidantes e ácidos alfa, este último responsável pelo armagor característico. Porém existem dezenas de variedades de lúpulo que basicamente diferem na quantidade de ácidos alfa. Podemos rudimentarmente dividir o Lúpulo em duas grandes famílias: o Lúpulo de Amargor e o Aromático. Quando acrescentado na mostagem o Lúpulo libera cada vez mais o gosto amargo, mas este não é o único método de se acrescentar essa plantinha tão peculiar à bebida. Os próprios navegadores ingleses acrescentavam as flores do Lúpulo diretamente no barril com a cerveja pronta. Essa é uma técnica muito usada hoje e se chama dry-hopping. Várias das nossas cervejas preferidas aqui no Sr. Lúpulo usam este método que libera as características mais aromáticas da planta.

Hoje são mais de 110 espécies de lúpulos cultivadas e a maior variedade vem dos Estados Unidos, com qualidades sensoriais excepcionais. Austrália, Inglaterra, e claro, Alemanha compõe o quadro de importantes centros produtores , com República Tcheca, Rússia, Polônia e China completam a lista.

Enfim se o Malte é o corpo da cerveja nós aqui consideramos o Lúpulo a sua alma. É capaz de produzir os mais inusitados aromas ao mesmo tempo, pode esconder alguns "equivocos" de alguma receita ao mesmo tempo em que tranforma a bebida em uma explosão de sabores e cheiros.

Cervejas Lupuladas que recomendamos: Brew Dog Punk IPA
Brew Dog Hardcore IPA
Anderson Valley Imperial IPA
Rogue Yellow Snow IPA Colorado Indica
Seansons - Green Cown IPA

Beba com Sabedoria!

Commentários